Logo

O grupo pesquisa o conhecimento envolvido para o desenvolvimento de Sistemas Cognitivos Artificiais no campo da Robótica Social. O escopo científico tem como base a abordagem interdisciplinar, condição fundamental para que um sistema computacional inteligente, dotado de viés cognitivo, possa ser elaborado com o objetivo de fornecer ao ser humano a centralidade nesse processo. Entende que é necessária a mudança do paradigma tecnológico na relação entre máquina computacional e ser humano, da master-slave conjecturada pelos cibernéticos para uma interação simbiótica, com o relacionamento sendo realizado de forma síncrona. Para isso, deve-se considerar a modelagem plausível do sistema tendo como base a formalização de aspectos que compõe as funções cognitivas humanas e a adoção da estratégia Metacognitiva. Desta forma elabora projetos na área da Human-robot Interaction, visando a adoção da Robótica Social como base dos Sistemas Cognitivos Artificiais e sendo estruturada a partir de plataformas dotadas de Arquitetura Cognitiva.